Inteligência Artificial é o divisor de águas dos negócios

Não é de hoje que Inteligência Artificial (IA) é tema de notícias e discussões e não é para menos: o assunto abre um leque de possibilidades. Não obstante, as empresas têm sentido, gradativamente, os impactos dessa tecnologia em constante evolução, de acordo com o estudo “Modernização de TI: Do Crítico à Transformação Digital”, realizado pela empresa inglesa de pesquisa em tecnologia, Vanson Bourne.


A análise aponta que a maior demanda de Inteligência Artificial está no setor de automação de processos por meio de robôs (63%), seguido da automação inteligente (61%) e por último a automação cognitiva (59%). O estudo indica uma redução de custos de 62% e um aumento de 85% na produtividade anual. Esses dois últimos dados são os principais fatores pelos quais as empresas implementam IA em seus processos.


No âmbito empresarial, a utilização de Inteligência Artificial deixou de ser uma opção futurista e se tornou uma realidade que pode fazer diferença em termos de agilidade e competitividade, pois é uma tecnologia capaz de provocar mudanças consideráveis nos modelos de negócios como conhecemos.


Por meio da IA, empresas podem entender melhor os seus clientes através de análises inteligentes de dados e cruzamento de informações.


Além disso, essa tecnologia apresenta uma versatilidade que pode ser adaptada para quase todos os setores e áreas de negócios. Alguns exemplos de aplicação de Inteligência Artificial são: agricultura; saúde e diagnósticos; transporte e mobilidade; manufatura; supply chain; coleta automatizada de dados; assistentes virtuais.


É certo de que a aplicação da IA depende muito das características de determinado setor e é justamente por essa abrangência que as empresas não podem perder o timing, pois a tecnologia, além de ser um divisor de águas em termos de competitividade e inovação, pode ser uma grande aliada.


No entanto, para que essa realidade seja possível é necessário entender por completo as implicações do sistema: de que forma a máquina aprende, como conduz interações humanas e também como é capaz de se engajar em funções de alto nível. Ou seja, existe uma demanda de que as empresas identifiquem o que a IA pode trazer de agilidade e precisão em processos para utilizá-la como aliada em seu modelo de negócios.


90 visualizações

Apoio

AMCHAM Brasil RJ-ES - RGB - Color.png
logo.png
imagem-3-300x199.png
gfk.png

Responsabilidade Social

LOGO IAS.png
LOGO_C1D_COLOR.png

Patrocínio

LOGO_AY_COLOR.png
LOGO_EMPRE_COLOR.png
Ativo 1.png
logoRoit.png

BI & TAXATHON

2ª Maratona de Tributação

& Inteligência de Negócios

Realização